A Globo percebeu que seu elenco se transformou em uma caixinha de surpresas nos últimos meses. Começou com a saída de Fausto Silva, depois a decisão assustadora de Tiago Leifert e, pelo andar da carruagem, William Bonner pode ser o próximo.

O tempo, no caso de Faustão, foi um dos fatores da decisão da empresa. Para Tiago, o relógio também foi parâmetro, mas no âmbito pessoal. William Bonner, no JN há 25 anos, de acordo com o jornalista Flávio Ricco, do R7, virou o assunto da hora por uma possível aposentadoria da bancada do JN.

Fausto Silva deixou a Globo em junho após 32 anos de serviços prestados. Tiago Leifert pediu para sair após 16 anos.

Vale ressaltar que nos últimos anos a Globo deu mais liberdade a William Bonner, tanto dentro do telejornal quanto fora. Na pandemia, ele interrompeu um padrão de décadas e passou a usar barba. Mais recentemente, a direção liberou redes sociais para os bastidores do JN.

Em entrevista ao jornal O Globo, o famoso esclareceu que nunca escondeu o costume pela barba durante os seus dias longe do estúdio do Jornal Nacional. “Fiz isso nos últimos 35 anos”, contou.

“Só que agora, de tanto ouvir gente defendendo (e duvidando) que eu não cortasse, decidi que esse gesto (ou esse não-gesto) seria bem simbólico do meu momento, em que procuro me livrar de atividades dispensáveis e aborrecidas”, afirmou o apresentador.

Na entrevista, Bonner citou um verso de Renato Teixeira: “‘A calma é irmã do simples. E o simples resolve tudo’”. Em seguida, o companheiro de Renata Vasconcellos fez mistério sobre o futuro da barba. “Talvez eu corte a barba depois de ser vacinado. Talvez não”, cogitou.

Fonte: RD1 Notícia