Everson Silva, o Tirullipa, foi criticado nas redes sociais após publicar um vídeo em defesa do perdão a Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, que agrediu a mulher. "Não é justo isso o que ele fez, mas que Deus vai transformar ele. Eu tenho certeza de que esse cara vai voltar transformado um dia", disse nos Stories do Instagram na noite da sexta-feira (16).

Com a repercussão negativa sobre sua fala, o filho de Tiririca foi ao Instagram justificar sua defesa ao agressor de Pamella Holanda.

"Eu fui o primeiro a se manifestar. Fui o primeiro a entrar nas redes sociais por conta das minhas filhas para me manifestar. Por conta das minhas filhas. Não achei justo o que ele fez e fui o primeiro a atacá-lo", iniciou o humorista na manhã deste sábado (17).

"Até o momento de ele ser preso eu não comentei mais nada. No dia em que ele foi preso, antes de ser preso estava batendo direto, sem sacanagem, chamei de covarde... Depois que ele foi preso eu disse, gente, agora a justiça deixa ele pagar", justificou o cearense.

Tirullipa, no entanto, voltou a dizer que espera que o cantor aprenda a lição e volte transformado. "No meu entendimento cristão, nós viemos ao mundo para perdoar, nós viemos ao mundo para ter o coração generoso, para sermos generosos assim como Jesus foi com a gente", reforçou.

Notícias da TV