O deputado estadual Michael Diniz (SDD) nem bem tomou posse do mandato e já pode estrear também no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa do RN. Isso porque o Portal 96 apurou que a deputada Isolda Dantas (PT) deve apresentar uma representação contra o parlamentar que afirmou não respeitar, repudiar e desprezar o Movimento LGBT (LGBTQIA+), além de sugerir tratamento psiquiátrico aos integrantes do Movimento. Veja o vídeo acima: 

Além do partido Solidariedade, que afirmou não concordar com as declarações, a OAB do RN também se manifestou sobre o caso nesta quarta-feira (22). A Ordem afirmou: "Diante das alegações do Deputado, é necessária a apuração da conduta pela ALRN com o fito de preservar o habitual discurso decoroso e ético desta Casa Parlamentar".

Nas redes sociais, Michael Diniz afirmou que as palavras dele foram "distorcidas pela Globo no RN" e que não é homofóbico. “Isso levou a um problema imenso, muitas confusões. Quero deixar claro que não sou homofóbico. Minha luta aqui [Assembleia] é outra. Agora, eu não vou deixar de defender minha fé”, disse Michael.

Veja vídeo:

Com informações da 96 FM