Com um dos times mais jovens da 52ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Ituano conseguiu a classificação para a segunda fase com muito sofrimento. E no mata-mata acabou tendo o Corinthians, maior campeão do torneio, como adversário na briga por uma vaga na terceira fase.

Mas para o volante Vitor André, de apenas 16 anos, a competição vai além do futebol. É uma questão de personalidade. E ele deixou isso claro durante a entrevista no intervalo do duelo do jogo, quando foi questionado pela repórter Livia Laranjeira sobre o desempenho no primeiro tempo.

– É complicado, ainda mais com a torcida deles que não para um minuto, mas vamos em busca desse resultado. Continuar, né? 16 anos e ter uma personalidade dessa, mas vamos aí correr pelo time e se Deus quiser conseguir virar o jogo. Muito obrigado, viu? – disse Vitor André, que ganhou elogios da repórter e do narrador Odinei Ribeiro pela educação.