O Flamengo concluiu nesta quinta-feira a venda do atacante Michael, de 25 anos, ao Al Hilal. Os árabes aceitaram pagar US$ 8,45 milhões (R$ 45,5 milhões) pelos 80% que pertencem ao clube rubro-negro. O jogador assinará contrato de três anos e receberá US$ 2,4 milhões anuais (R$ 12,91 milhões) em seu novo desafio. O "Goal" publicou a informação inicialmente.

A negociação entre Flamengo e Al Hilal se arrastou durante duas semanas, com participação também do Goiás, dono de 5% dos direitos federativos de Michael - os outros 15% pertenciam ao próprio jogador. No fim, houve acordo entre as partes para a concretização do negócio, que animou o atacante em razão da expressiva proposta salarial do clube saudita.

Michael teve grande destaque pelo Goiás no Brasileirão de 2019 e acabou contratado pelo Flamengo em janeiro do ano seguinte, quando o time ainda era comandado por Jorge Jesus. No início, o atacante teve dificuldades para se firmar com a camisa rubro-negra. Em 2020, marcou apenas quatro gols.

A trajetória do jogador pelo Flamengo mudou no segundo semestre de 2021. No último Brasileirão, em meio a desfalques, ele se tornou o jogador mais decisivo da equipe. Ao longo da temporada, marcou 19 gols, alguns deles de placa, como aquele que fez na vitória sobre a Chapecoense, em julho

Fonte: Globoesporte.com