Um golpista de Unaí, em Minas Gerais, foi preso após pagar um empréstimo que havia feito a um idoso de 72 anos com uma nota falsa de R$ 420. Ele havia pegado R$ 100 emprestado, e convenceu o senhor de que a nota era verdadeira e ainda recebeu R$ 320 de troco.

A falsa nota tinha desenho do bicho-preguiça e de folhas de maconha.

De acordo com a polícia, o idoso estranhou a nota de R$ 420 e disse ao golpista que nunca tinha visto a cédula, mas ele falou que tinha acabado de sacar do caixa eletrônico de um banco em Unaí, ludibriando o idoso.

Quando souberam do golpe, os policiais foram procurar o criminoso, que morava nos arredores, e na varanda de sua casa já encontraram um pé de maconha. Dentro da casa havia um tablete de maconha, porções da droga separadas para venda e R$ 56.

O homem preso estava em liberdade condicional e, segundo a polícia, já tinha passagem por roubo e receptação.

Com informações do G1.