O senador Styvenson Valentim negou a possibilidade de união com o deputado federal Rafael Motta e afirmou que, caso dispute o Governo, será com uma chapa puro-sangue - e ele já tem até um nome para lançar candidata ao Senado. 

A possibilidade de chapa entre Styvenson Valentim e Rafael Motta havia sido levantada após a conversa tida entre o senador e o deputado federal. Rafael Motta, atualmente no grupo de Fátima Bezerra (PT), pode ser vetado da chapa de reeleição dela por manter a candidatura ao Senado Federal, enquanto a petista já afirmou que apoiará Carlos Eduardo Alves (PDT) para o cargo. 

"Houve sim uma conversa, mas não falamos de formação de chapa, nem aliança", afirmou Styvenson sobre o que dialogou com Rafael Motta. "Na realidade, se for candidato, a chapa será com um nome do próprio Podemos, que tem quadros para isso", acrescentou o senador. 

O nome escolhido por Styvenson Valentim para, eventualmente, disputar o Senado ao lado dele seria a advogada Ana Paula Trento, que foi candidata a vice-prefeita na chapa encabeçada por Afrânio Miranda em 2020. "É uma pessoa que confio e que tenho certeza que seria uma boa senadora", analisou Styvenson. 

Com informações do Portal da 96 FM